(51) 3338 0220
missel@missel.com.br

PRECISAMOS DE LÍDERES PARA ANALISAR DADOS

*Por Simoni Missel

Vivemos um mundo onde o compartilhamento de dados é muito maior do que nossa capacidade para fazer um bom uso dos mesmos. Aprender, nesse contexto, demanda tempo e habilidades de análise e priorização que muitas vezes está além das nossas capacidades. Isso leva os líderes, das mais diferentes áreas de negócios, a criarem soluções e perceberem como a tecnologia da informação pode contribuir para as suas decisões. Mesmo assim, ainda é muito difícil lidar com o grande volume de dados e informações que recebemos todos os dias.

Acreditamos que todos precisam se adequar a este momento evolutivo que vive a humanidade, em que o mundo digital se transforma em algo muito mais analítico do que tecnológico. Porém, ainda é necessário um profundo desenvolvimento dos profissionais que estão atuando e liderando nesse cenário.

As novas tecnologias e a diversidade de dados podem abrir diversas oportunidades se aplicadas com o objetivo de potencializar a capacidade e a performance das organizações. Temos a nossa disposição ferramentas tecnológicas, muita informação e conhecimento técnico para análises e desenvolvimento de novos modelos de gestão.  Os cenários futuros desenham um mundo cada vez mais analítico, o que demandará dos líderes excelente capacidade para navegar pelas infinitas informações que obterão através da tecnologia. Para isso, precisamos de líderes de negócios com mentalidades analíticas, e que atuem como verdadeiros agentes da transformação.

Líderes analíticos são aqueles que, de alguma forma, beneficiam-se da tecnologia da informação para acelerar o processo de entendimento e uso de informação visando aumentar a assertividade nos processos decisórios estratégicos.

A capacidade analítica, integrada às habilidades humanas, são competências essenciais para gestão de pessoas neste contexto Data Driven (orientado pelos dados). É uma forma de conduzir o progresso das organizações de forma menos subjetiva e mais estruturada. Para isso, o mercado já dispões de poderosas ferramentas de gestão de dados que impactam diretamente na performance da organização.

Para que os líderes estejam preparados para atuar nesse sentido, é importante reformular a estratégia dos negócios, levando em consideração a necessidade de uma gestão Data Driven que consiga administrar a avalanche de dados e informações a que temos acesso todos os dias. Uma mudança que exige um mindset mais analítico, longe da subjetividade e com gerenciamento do risco. Nasce aí a necessidade do líder analítico e preparado para utilizar dados e informações para estratégias de alta performance.



Voltar