Os 8 fundamentos da inovação

Por Claudio D’Amico 

Inovar não é uma tarefa fácil, e quem acha o contrário deve estar percorrendo o caminho errado. Evitá-la ou negar sua importância também não é uma opção, já que a inovação é essencial para a sobrevivência dos negócios, a qualquer tempo. 

Uma pesquisa realizada pela consultoria McKinsey com mais de 2500 executivos em 300 empresas observou alguns aspectos bem relevantes sobre o tema inovação nas organizações e encontrou um conjunto de atributos que são essenciais para que as empresas consigam inovar em produtos, processos ou modelos de negócio. 

A complexidade do tema tem base na sua origem sistêmica. O ato de inovar não é individual dentro de uma organização. As pessoas precisam estar conscientes e preparadas para que ela ocorra com sucesso e consiga prosperar em determinado ambiente. Além disso, a maioria das ações de inovação são impactadas ou impactam sobre a cultura e a estratégia do negócio, pois exigem ressignificação, rompimento de paradigmas e comprometimento elevado com a mudança. 

Os 8 fundamentos essenciais para inovação identificados na pesquisa são: 

Aspiração – as pessoas devem considerar a inovação como fundamental para o crescimento do negócio e as metas e objetivos das equipes precisam refletir essa importância. 

Escolhas – as pessoas investem de forma coerente em diferentes formas de inovação e fazem isso de forma equilibrada considerando tempo, risco e recursos. 

Descobertas – as pessoas são encorajadas a descobrir diferentes modelos de negócio, tecnologias e mercados que possam gerar insights que se transformem em propostas com valor real para darem certo. 

Desenvolvimento – as pessoas criam novos modelos de negócio que buscam escalabilidade e proteção dos lucros obtidos a partir das iniciativas. 

Velocidade – as pessoas lançam novas soluções (produtos e serviços) e conseguem fazer frente ou antecipar a concorrência de forma ágil, rápida e eficiente. 

Escalabilidade – as pessoas conseguem dimensionar o tamanho do mercado e o esforço necessário para que as soluções impactem determinado mercado de maneira relevante. 

Amplitude – as pessoas conseguem criar interações e relacionamentos que gerem valor ao negócio 

Motivação – as pessoas são motivadas, recompensadas e organizadas para que inovem naturalmente e repetidamente. 

Não existe uma receita perfeita para que alguma empresa consiga inovar. Esses fundamentos são genéricos e podem ser cumpridos a partir de diferentes planos de ação nas organizações, adaptados conforme a realidade de cada negócio. A intensidade com que cada um desses fundamentos se afirma no dia a dia e na gestão das pessoas irá representar a intensidade com que a inovação está presente na cultura da empresa e é impulsionada durante o trabalho das lideranças. 

Imagem: freepik / rawpixel.com

Últimos posts

Receba esse e outros conteúdos no seu e-mail:

Desenvolvido por Missel ® 2021

Desenvolvido por Missel ® 2021