(51) 3338 0220
missel@missel.com.br

Imagem: freepik / master1305

OS 10 PRINCÍPIOS DA LIDERANÇA ESTRATÉGICA

*Por Ricardo Missel – Baseado no artigo 10 Principles os Strategic Leadership

Mesmo após muitos anos de erros e equívocos, ainda é comum notarmos a qualificação técnica de um colaborador como critério de promoção para cargos de liderança. Pessoas que performam com excelência em suas atividades e são promovidas para cargos de liderança sem o devido preparo para tal.

Isso ocorre por diversas razões. A principal delas é a falta de percepção de quem está mais próximo da estratégia sobre o real papel do líder. É nítido que, em grande parte dos casos, quem define as promoções ou sucessões nos cargos de liderança desconsidera alguns pontos críticos sobre as responsabilidades da função.

Uma questão muito simples, mas extremamente importante sobre o papel do líder reflete a complexidade das suas responsabilidades: não se faz liderança com um único comando. Liderar vai além de dar ordens e assista-las sendo cumpridas, e é por isso que os líderes precisam ter alguns princípios básicos para desenvolver uma liderança estratégia eficaz.

Por isso, trazemos aqui os 10 princípios da Liderança Estratégica, a fim de identificarmos o potencial do profissional e mensurar a eficácia no papel de líder.

O Líder precisa:

1º – Distribuir responsabilidades

Liderar é saber delegar responsabilidades e tomada de decisão. Com o aumento da complexidade dos negócios, ter pessoas preparadas para decidir com autonomia é fundamental para o crescimento e agilidade do negócio.

2º – Ser honesto

As pessoas precisam olhar para o líder e saber que ele está agindo com honestidade. Isso não tem a ver com revelar estratégias para toda organização, mas agir com verdade e transmitir as informações importantes de forma fidedigna.

3º – Abrir espaço para novos caminhos e ideias

Construir um ambiente onde as pessoas tenham liberdade de trazer ideias e discutir soluções é a melhor forma de ampliar a velocidade e qualidade das respostas aos desafios.

4º – Permitir o erro

O erro precisa ser compreendido com parte do processo de desenvolvimento e aprendizagem. Um líder que não reconhece a possibilidade do erro inibe o time de avançar em busca de melhoria constante e soluções inovadoras.

5º – Promover as relações entre colegas

Incentivar a troca de informações e relacionamentos entre colegas e setores para impulsionar o processo de decisão, pulverizando o conhecimento e colaborando com o pensamento sistêmico.

6º – Desenvolver pela prática

Dar autonomia para que as pessoas possam agir depois de aprender. Colocar em prática os ensinamentos para que possam aperfeiçoar e evoluir em busca de melhor performance. É preciso eliminar a máxima de que “quem manda melhor faz”.

7º – Contratar grandes talentos

O líder precisa que sua equipe tenha pessoas capazes de se tornarem tão boas quanto ele. Esse é o único caminho para que ele consiga evoluir na carreira e possa assumir maiores responsabilidades. Como diz o ditado: “quem não é substituível não é promovível”.

8º – Ser exemplo

O bom líder é sempre uma referência de comportamento para as pessoas. Por isso, ele precisa refletir o que ele espera de sua equipe.

9º – Refletir sobre suas atitudes

Por vezes, a “solidão da liderança” pode resultar em pouca reflexão sobre as atitudes e decisões. É fundamental que o líder tenha espaço para refletir, questionar e compartilhar suas percepções com outras pessoas ou através de métodos que validem sua tomada de decisão.

10º – Acreditar no lifelong learning

Independente da função que ocupamos, todos, sem exceção precisamos entender que nunca aprendemos o suficiente. Estudar “para sempre” é fundamental para o crescimento sustentável. É importante fomentar isso também nas pessoas da equipe e na empresa.



Voltar