Gerenciar incertezas: habilidade essencial das lideranças 

GERENCIAR INCERTEZAS: HABILIDADE ESSENCIAL DAS LIDERANÇAS

Por Ricardo Missel*

Estamos cada vez mais acostumados a lidar com incertezas, situações imprevistas e necessidades de mudança de plano. Afinal, como um recente ditado já diz: “A vida não tá ‘nem aí’ para o nosso planejamento”. E isso também se aplica ao mundo dos negócios.

Essa realidade se amplia ainda mais quando estamos em um cenário de crise global, independente dos aspectos mais atingidos durante a crise: econômico, social, saúde, político e, na verdade, a inter relação destes em nossas vidas. Não temos muito como separar aspectos políticos de aspectos econômicos, e aí por diante. Vivemos em uma teia de conexões onde a força da incerteza atua a todo momento.

Leia mais

Menos ego e mais eco – onde estão esses líderes?

MENOS EGO E MAIS ECO – ONDE ESTÃO ESSES LÍDERES?

*Por Simoni Missel

Chegou a hora de aproximar o discurso da prática. Esta é grande revisão cultural das empresas em um momento de transformação global. A pandemia exacerbou um contexto que já estava instalado. Agora, em um momento de pressão política, econômica e social nunca visto antes, a prioridade é a gestão de crise, continuidade da organização, fluxo de caixa, redirecionamento estratégico, repensar o papel das lideranças e novas parcerias nos mais diversos âmbitos de atuação.

Leia mais

Você realmente confia na sua equipe?

VOCÊ REALMENTE CONFIA NA SUA EQUIPE?

Por Ricardo Missel*

Confiança é um tema crítico para o trabalho de qualquer líder e, portanto, para qualquer organização. Criar relações com base na confiança é o que torna o negócio sustentável e operante. Não é possível desenvolver um negócio de sucesso onde a confiança entre as pessoas não esteja presente.

Leia mais

Diferencie execução de estratégia

DIFERENCIE EXECUÇÃO DE ESTRATÉGIA

Baseado no Artigo “Don’t mistake execution for strategy”, na Revista Harvard Business Review

É uma tendência comum da maioria das pessoas: refletir pouco e ir direto no desenho das soluções, encurtando o caminho do pensamento de onde se quer chegar. Esse comportamento reflete na definição das estratégias das empresas. A equipe sempre vai direto ao nível da ação e acaba deixando de lado o design da estratégia, ou seja, a definição de onde se quer chegar.

Reconhecer essas diferenças é fundamental para que se possa desenvolver uma estratégia sustentável e bem elaborada. Traçar critérios e posições antes de determinar as ações para alcançá-las é essencial para alinhar os objetivos das ações com as necessidades da organização.

Leia mais

Desconectar para Conectar

DESCONECTAR PARA CONECTAR

Por Claudio D’Amico

Você já parou para pensar quanto tempo gasta no celular, computador e nas redes sociais diariamente?

Os tempos mudaram. A velocidade das coisas mudou. Todos nós mudamos. A atividade profissional, para a maioria das pessoas, exige muito uso da tecnologia para realizar as atividades. Nos comunicamos com as pessoas por voz, mensagem de texto e por vídeo. A distância não é mais um empecilho. É só agendar um horário e fazer uma reunião com qualquer pessoa em qualquer lugar do planeta, desde que haja conexão com a internet. Mais da metade da população mundial está usando a internet – mais de 4 bilhões de pessoas.

Leia mais

Para dar Feedback, todo cuidado é pouco

PARA DAR FEEDBACK, TODO CUIDADO É POUCO!

Por Simoni Missel

Nem sempre percebemos o impacto que nossos feedbacks podem causar no taker, (neste artigo usaremos a nomenclatura publicada no livro Feedback Corporativo, que escrevi a partir de 20 anos de estudos sobre este tema, onde Taker é aquele que recebe o feedback e Feeder é quem dá o feedback).

No dia a dia do trabalho, quando precisamos dar um feedback corretivo em relação às atitudes de um subordinado, encontramos grande dificuldade para perceber qual o melhor momento, as palavras certas, o tom de voz ou intensidade da emoção. Muitas vezes, nos costumamos a falar de forma impulsiva, a fim de aliviar a ansiedade, sem avaliar ou refletir sobre os possíveis riscos dessa postura. Essa atitude pode até piorar a situação em torno do assunto do feedback.

Leia mais

4 razões para os bons profissionais perderem a motivação

4 RAZÕES PARA BONS PROFISSIONAIS PERDEREM A MOTIVAÇÃO

Baseado no artigo “4 reasons good employees lose their motivation” de Richard Clark e Bror Saxberg para www.hbr.org

Motivação pode ser considerado um dos principais aspectos para que alguém desempenhe uma atividade com sucesso. Estar ou se sentir motivado tem a ver com a disposição para começar uma atividade, evitando procrastinações e perda de tempo, além de utilizar o maior esforço mental e foco possível para alcançar o sucesso.

Mas por que isso é importante? Pesquisas mostram que 40% do sucesso de um projeto está diretamente relacionado ao nível de motivação dos profissionais envolvidos. Portanto, motivação é fator chave de sucesso em qualquer atividade e precisa ser tratado como tal.

Leia mais

Como os líderes podem ajudar no desenvolvimento da resiliência de seus colaboradores?

COMO OS LÍDERES PODEM AJUDAR NO DESENVOLVIMENTO DA RESILIÊNCIA DE SEUS COLABORADORES?

O aumento da consciência das empresas sobre o impacto negativo do stress, ansiedade e fatores de saúde mental tem ligado um alerta importante no mundo dos negócios. Administrar estes problemas enfrentados por grande parte dos profissionais começa a ser prioridade. Já está evidente que a perda de resultado proveniente desse tipo de situação é muito relevante.

Leia mais