(51) 3338 0220
missel@missel.com.br
tradeoff

VOCÊ PRECISA SABER O QUE É TRADE-OFF – Matéria publicada na coluna de Simoni Missel para a Zero Hora

Por Simoni Missel*

Em decorrência da frenética velocidade das transformações ocorridas no mundo corporativo, inúmeras e surpreendentes escolhas, pessoais e profissionais, se apresentam a todo instante nas nossas vidas. Quando o mundo nos oferece novas oportunidades, por vezes nos obriga a abrir mão de algumas coisas a que já estávamos acostumados.

Se você precisa trocar um hábito, atitude ou comportamento por outro, na maioria das vezes desconhecido, mas sabendo que essa mudança poderá trazer benefícios no médio e/ou longo prazo, você está diante de um cenário de trade off. É provável que no momento da mudança estas decisões lhe exijam alguma renúncia. Porém, no futuro, você terá mais chances de crescimento profissional e pessoal.

A vida não é feita somente de escolhas. A vida é feita de uma sequência de trade offs, situações onde você precisará abandonar velhos costumes para usufruir os futuros benefícios de novas atitudes, que também lhe interessam. O dilema está em mudar atitudes e técnicas que têm trazido bons resultados no curto prazo, por outras que demandam aprendizagem e até renúncia de momentos de lazer, mas que contribuirão para novas conquistas, crescimento pessoal e profissional no médio e longo prazos.

Tenho vivenciado junto a inúmeras empresas processos de crescimento e/ou expansão, onde seus gestores se veem obrigados a reinventar-se num novo papel de liderança exigido pelo mercado. Nesse processo, acabam trazendo consigo uma certa informalidade nos contatos, na transmissão de informações, nos feedbacks, no planejamento de reuniões, além centralização do poder de decisão, todas essas características conhecidas em estruturas organizacionais reduzidas.

Percebo que quando estes gestores acompanham os projetos de expansão ou mudança de cultura, por aquisição de outras empresas ou ainda, pela profissionalização ou melhoria de processos e controles, enfrentam diversas dificuldades para abandonar hábitos de gestão ultrapassados como: retenção do conhecimento, centralização das atividades e informação, atitudes de dependência, desequilíbrio emocional, baixa capacidade para gerir pessoas e dar/receber feedback, domínio dos softwares de gestão e visão estratégica, dentre outras.

É um trabalho para diminuir a  informalidade em busca de uma nova e desafiadora disciplina de gestão, buscando uma posição de líderes  inspiradores para suas equipes, não apenas pelo conhecimento técnico que possuem, mas por suas atitudes e comportamento.

Sabemos que a profissionalização, melhoria nos processos e formalização das ferramentas de gestão são indispensáveis para o desenvolvimento das organizações, mesmo que inicialmente possam parecer mudanças desnecessárias.

Quando coordeno programas de desenvolvimento de líderes e/ou Coaching Executivo, percebo que aqueles gestores que resistem a aderir a este novo modelo de gestão, se tornam incapacitados para trabalhar em empresas inovadoras que trazem em seu DNA a capacidade de reinventar-se constantemente, criando para seus colaboradores oportunidades de crescimento e desenvolvimento surpreendentes.

Você precisará abandonar alguns hábitos, posturas e controles para adquirir novos, mais produtivos e que estejam mais de acordo com as futuras demandas. Esteja pronto para um mercado em constante mudanças e quando as oportunidades surgirem, você estará capacitado para ocupar posições até então inesperadas!!!

*Simoni Missel é Executive Coach, especialista em Gestão de Pessoas, mestre em Psicologia e Sócia diretora da Missel Capacitação Empresarial, autora do livro Feedback Corporativo.

 



Voltar